Skip to main content Accessibility help
×
×
Home
The Economic and Social History of Brazil since 1889
  • Get access
    Check if you have access via personal or institutional login
  • Cited by 2
  • Cited by
    This book has been cited by the following publications. This list is generated based on data provided by CrossRef.

    GÓMEZ LEÓN, MARÍA 2018. The rise of the middle class in Brazil, 1850–1950. European Review of Economic History,

    Fischer, Brodwyn 2018. State and Nation Making in Latin America and Spain. p. 372.

    ×

Book description

This is the first complete economic and social history of Brazil in the modern period in any language. It provides a detailed analysis of the evolution of the Brazilian society and economy from the end of the empire in 1889 to the present day. The authors elucidate the basic trends that have defined modern Brazilian society and economy. In this period Brazil moved from being a mostly rural traditional agriculture society with only light industry and low levels of human capital to a modern literate and industrial nation. It has also transformed itself into one of the world's most important agricultural exporters. How and why this occurred is explained in this important survey.

Reviews

‘Brazil … [is] already the seventh largest economy in the world and is poised to become the fifth largest by mid-century. And yet, to foreigners it remains a broadly exotic country … Part of the reason why [it] remains a known unknown to the world at large is the lack of an authoritative account of the historical trends that have defined modern Brazilian society and economy. With the publication of [this book] this will no longer be the case. Eminent economic historians [Luna and Klein] provide a detailed analysis of the evolution of Brazilian society and economy from the end of the empire to the present day. Led by the fluent prose and the deep knowledge of the authors, readers will marvel at the deep changes that have occurred in more than a century of Brazil’s history and at the extraordinary position in which the nation now finds itself …’

Edmar Bacha - Casa das Garças Institute of Economic Policy Studies

‘Economists and politicians who like to talk about crisis and performance must read this book. It puts together with rigor and completeness the history of Brazil for the last 150 years and provides the data on the economy, the demography, the urbanization, and much more that social scientists need to understand the development of Brazil today. It is a valuable contribution by two well-known historians.’

Joao Sayad - University of Sao Paolo

'Beginning with the abolition of slavery, the authors guide the reader through the evolution of modern Brazil from the end of the empire to the present, using economic growth to explain social and political developments. The book’s value is that trends and tendencies are carefully tracked to show contemporary Brazil as a logical continuation of social and economic developments of the past - not a series of different, often disconnected events as is occasionally suggested in books focused on politics and government. For the beginner, the book may be challenging because the political story is not its prominent feature. This volume is an important publication for faculty, students and readers interested in the deep changes that have occurred in more than a century of Brazil's history. Summing up: recommended.'

M. L. Grover Source: Choice

Refine List

Actions for selected content:

Select all | Deselect all
  • View selected items
  • Export citations
  • Download PDF (zip)
  • Send to Kindle
  • Send to Dropbox
  • Send to Google Drive
  • Send content to

    To send content items to your account, please confirm that you agree to abide by our usage policies. If this is the first time you use this feature, you will be asked to authorise Cambridge Core to connect with your account. Find out more about sending content to .

    To send content items to your Kindle, first ensure no-reply@cambridge.org is added to your Approved Personal Document E-mail List under your Personal Document Settings on the Manage Your Content and Devices page of your Amazon account. Then enter the ‘name’ part of your Kindle email address below. Find out more about sending to your Kindle.

    Note you can select to send to either the @free.kindle.com or @kindle.com variations. ‘@free.kindle.com’ emails are free but can only be sent to your device when it is connected to wi-fi. ‘@kindle.com’ emails can be delivered even when you are not connected to wi-fi, but note that service fees apply.

    Find out more about the Kindle Personal Document Service.

    Please be advised that item(s) you selected are not available.
    You are about to send
    ×

Save Search

You can save your searches here and later view and run them again in "My saved searches".

Please provide a title, maximum of 40 characters.
×

Contents

Bibliography
Government Publications
Anuário Estatístico do Brasil (Rio de Janeiro: IBGE, various years).
Anuário Estatístico de Crédito Rural de 1999 (Brasília: Banco Central do Brasil, 1999).
do Brasil, Banco, de Agronegócios, Diretoria, “Evolução histórica do crédito rural,” Revista de Politica Agricola XII.4 (Outubro–Dezembro 2004), 10–17.
Banco Central. Available at .
Banco Central do Brasil. Available at .
do Brasil, Banco, de Agronegócios, Diretoria,. Anuário Estatístico de Crédito Rural de 2010 (Brasília: Banco Central do Brasil, 2010).
CELADE. Los adultos mayores en América Latina y el Caribe datos e indicadores (Boletín Informativo, Edición Especial; Santiago de Chile, 2002).
CELADE. Boletín Demográfico, various years.
CELADE. “Estimaciones y Proyecciones de Población, 1950–2050, Brasil, Populación Total, Indicadores del crecimiento demográfico estimados y proyectados por quinquenios, 1950–2050.” Available at .
CENSO 1872: Quadros do Império. As reproduced and recalculated by NEPO/UNICAMP.
CEPAL. Anuario estadístico de América Latina y el Caribe, various years.
Comissão Mista Brasil-EEUU. Brasileiros e Americanos Estudam Problemas do Brasil. As soluções indicadas pela Comissão Mista Brasil-EEUU. Um capítulo da história econômica do nosso país (Rio de Janeiro: CPDOC/FGV). Available at .
DATASUS. Available at .
Directoria General de Estatistica. Recenseamento do Brazil realizado em 1 de Setembro de 1920 (Rio de Janeiro: Typ. da Estatistica, 1922).
Directoria General de Estatistica. Sexo, raça e estado civil, nacionalidade, filiação culto e analfabetismo da população recenseada em 31 em Dezembro de 1890 (Rio de Janeiro: Officina da Estatística, 1898).
Discourse of the Assuming the Presidency of Janio Quadros. Available at .
Dívida Pública Mobiliária Reestruturada. Tesouro Nacional. Available at .
EUROSTAT. “Employment rate by gender, age group 15–64.” Available at .
Directoria General de Estatistica. Table “Life expectancy at birth by gender.” Updated December 16, 2011 and available at .
Directoria General de Estatistica. Table “Mean age of women at childbirth.” Updated December 19, 2011 and available at .
FAO. State of the World's Forests 2011 (Rome: Food and Agriculture Organization of the United Nations, 2011).
Vargas, Fundação Getúlio, Conjuntura Econômica 25,9 (Rio de Janeiro, Setembro, 1991).
IBGE. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, Síntese de indicadores 2011 (Rio de Janeiro: IBGE, 2012).
IBGE. Síntese de indicadores sociais. Uma análise das condições de vida da população brasileira, 2010 (Rio de Janeiro: IBGE, 2012).
IBGE. Censo Demográfico 2010 Características da população e dos domicílios, Resultados do universo (Rio de Janeiro: IBGE, 2011).
IBGE. Censo Demográfico 2010 Sinopse do Censo e Resultados Preliminares do Universo (Rio de Janeiro: IBGE, 2011).
IBGE. Sinopse do Censo Demográfico 2010 (Rio de Janeiro: IBGE, 2011).
IBGE. Censo Demográfico 2010 Famílias e domicílios Resultados da Amostra (Rio de Janeiro: IBGE, 2010).
IBGE. Censo Demográfico 2010, Nupcialidade, fecundidade e migração Resultados da amostra (Rio de Janeiro: IBGE, 2010).
IBGE. Censo Demográfico 2010 – Resultados Preliminares da Amostra (Rio de Janeiro: IBGE, 2010).
IBGE. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, PNAD 2008 (Rio de Janeiro: IBGE, 2008).
IBGE. Projeção da população do Brasil por sexo e idade 1980–2050, Revisão 2008 (Rio de Janeiro: IBGE, 2008).
IBGE. Perfil das Mães Comunicação Social, Maio 6, 2005. Available at .
IBGE. Estatísticas do século XX (Rio de Janeiro: IBGE, 2003).
IBGE. Censo Demográfico 2000: Resultados Do Universo, Características Da População e Dos Domicílios (Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2001).
IBGE. Estatísticas históricas do Brasil, Séries Estatísticas Retrospectivas, Vol. 3, Séries Econômicas, Demográficas e Sociais de 1550 a 1988 (2nd ed. rev. and updated, 1990).
IBGE. IX Recensamento Geral do Brasil 1980 (Rio de Janeiro: IBGE, 1983).
IBGE. Sinopse Preliminar do Censo Demográfico, IX Recenseamento geral – 1980 (Rio de Janeiro: IBGE, 1981).
IBGE. Recenseamento Geral do Brasil de 1950 (Rio de Janeiro: IBGE, 1953).
IBGE. Recenseamento Geral do Brasil, 1. de Setembro de 1940 (Rio de Janeiro: IBGE, 1950–1952), various volumes.
IBGE. Recenseamento Geral do Brasil, 1. de Setembro de 1940: Sinopse do Censo Demográfico, Dados Gerais (Rio de Janeiro: Serviço Gráfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica, 1946).
IBGE. Anuário Estatístico do Brasil (1939–1940) (Rio de Janeiro: IBGE, 1941).
IBGE. Estatísticas do Século XX. Available at .
INEP. Sinopse Estatística do Ensino Superior Graduação – 1999, and Censo da Educação Superior 2010. Both available at .
Infomoney: Pesquisa sobre endividamento das famílias.
Informe de Previdência Social, various years and issues.
IPEA. Políticas sociais: acompanhamento e análise, Vol. 19 (2011).
Ipeadata. Available at .
MEC, INEP. Censo da educação superior 2010 (Outubro 2011).
Ministério da Agricultura. Available at .
Ministério da Agricultura, Indústria e Comércio. Indústria assucareira no Brazil (Rio de Janeiro:Directoria Geral de Estatística, 1919).
Ministério do Desenvolvimento Social. Available at .
OECD. “Data for Chart SF2.3.A: Mean age of women at the birth of the first child, 2009.” Available at ,3746,en_2649_37419_37836996_1_1_1_37419,00.html.
Prounancement of the Minister Ministro Martus Tavares. “Forum Internacional sobre Responsabilidade e Transparência no Setor Público,” Brasília, December 5, 2001. Available at .
Recenseamento do…1920. IV, Part 1 (população), Table 1, “População brasileira e estrangeira dos estados, 1872, 1890, 1900, 1920,” lxiii.
REDE Interagencial de Informação para a Saúde. Indicadores básicos para a saúde no Brasil: conceitos e aplicações, 2nd ed. (Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2008). Relatório apresentado ao Presidente dos Estados Unidos do Brazil pelo Ministério de Estado dos Negócios da Fazenda no anno de 1900 (Rio de Janeiro: Imprensa Nacional).
Relatório do Ministério da Fazenda de 1949 (Rio de Janeiro, 1949).
Relatório do Ministério dos Negócios do Império 1871 Apresentado Em Maio De 1872.
São Paulo, Censo Agrícola de 1905. Available in digital format from the Núcleo de Estudos de População (NEPO), of the Universidade de Campinas.
SEADE. Anuário Estatístico do Estado de São Paulo, various years.
Statistics of Railways in the United States (Washington, DC: Government Printing Office, 1894). Available at .
Tesouro Nacional. Available at .
World Bank. Management of Agriculture, Rural Development and Natural Resources. 2 vols. (Washington, DC: World Bank, 1994).
World Health Organization. World Health Statistics 2011 (Geneva, Switzerland: World Health Organization, 2012).
Books and Articles
Abranches, Sérgio H. “Governo, empresa estatal e política siderúrgica: 1930–1975,” in As origens da crise: Estado autoritário e planejamento no Brasil, ed. de Lima, Olavo Brasil and Abranches, Sérgio H. (São Paulo: IUPERJ/Vértice, 1987), 158–193.
Abreu, Marcelo de Paiva. “Os Funding Loans Brasileiros, 1898–1931,” Pesquisa e Planejamento Econômico 32,3 (December 2002), 515–540.
Abreu, Marcelo de Paiva. “Inflação, estagnação e ruptura: 1961–1964,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992a), 197–212.
Abreu, Marcelo de Paiva. “Crise, crescimento e modernização autoritária, 1930–1945,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992b), 73–104.
Abreu, Marcelo de Paiva. “A dívida externa do Brasil, 1824–1931,” Estudos Econômicos 15,2 (1985), 168–189.
Adesse, Leila, and Monteiro, Mário F. G.. “Magnitude do aborto no Brasil: aspectos epidemiológicos e sócio-culturais.” Available at .
Afonso, José Roberto, de Carvalho, Guilherme L. N. P., and de Castro, Kleber Pacheco. “Desempenho comparado dos principais governos brasileiros depois de dez anos da LRF,” Revista Técnica dos Tribunais de Contas (Belo Horizonte) I,0 (Setembro 2010), 13–48. Available at .
Albuquerque, C. R. “A liberalização comercial brasileira recente: uma leitura a partir das matrizes de relações intersetoriais de 1985, 90 e 95.” MA thesis, Belo Horizonte, CEDEPLAR/UFMG, 1999.
Almeida, Paulo Roberto de. Formação da diplomacia econômica no Brasil: as relações econômicas internacionais do Império (São Paulo: Editora Senac-Funag, 2001).
Alves, Eliseu. Dilema da política agrícola brasileira: produtividade ou expansão da área agricultável (Brasília: Embrapa, 1983).
Alves, Eliseu. A Embrapa e a pesquisa agropecuária no Brasil (Brasília: Embrapa, 1980).
Alves, Maria Helena Moreira. Estado e oposição no Brasil, 1964–1984 (Petrópolis: Vozes, 1984).
Zuleika, Alvim. Brava Gente!: Os Italianos em São Paulo 1870–1920 (São Paulo: Brasiliense, 1986).
Amed, Fernando José, and Negreiros, Plínio J. L. C.. História dos Tributos no Brasil (São Paulo: Sinafresp, 2000).
Ames, Barry, and Keck, Margaret E.. “The Politics of Sustainable Development: Environmental Policy Making in Four Brazilian States,” Journal of Interamerican Studies and World Affairs 39,4 (Winter 1997–1998), 1–40.
Amorim, Flávia Alfenas. “Mudanças recentes no uso de métodos contraceptivos no Brasil: a questão da esterilização voluntária.” MA thesis, Rio de Janeiro: IBGE, Escola Nacional De Ciências Estatísticas – ENCE, 2009.
Andrade, Cibele Yahn de, and Norberto, J.Dachs, W.. “Acesso à educação por faixas etárias segundo renda e raça/cor,” Cadernos de Pesquisa 37,131 (Maio–Agosto 2007), 399–422.
Andrade, Eli Iôla Gurgel. “Estado e previdência no Brasil: uma breve história,” in A previdência social no Brasil, ed. Marques, Rosa María et al. (São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2003).
Andrade, Mônica Viegas, and Maia, Ana Carolina. “Demanda por planos de saúde no Brasil,” ANPEC, Anais do XXXIV Encontro Nacional de Economia 106 (2006).
Antía, Florencia, and Provasi, Arnaldo. “Multi-pillared Social Insurance Systems: The Post-reform Picture in Chile, Uruguay and Brazil,” International Social Security Review 64,1 (2011), 53–71.
Antunes, Ricardo, and Gonçalves, Arnaldo. Por um novo sindicalismo (São Paulo: Editora Brasiliense, 1980).
Araújo, Gisele Silva. “Tradição Liberal, positivismo e pedagogia. A síntese derrotada de Rui Barbosa,” Perspectivas (São Paulo) 37 (Janeiro–Junho 2010), 113–144.
Arida, Pérsio, and Resende, André Lara. “Inertial Inflation and Monetary Reform in Brazil,” in Inflation and Indexation: Argentina, Brazil and Israel, ed. Williamson, J. (Cambridge, MA: MIT Press, 1985), 27–45.
Arriaga, Eduardo E.New Life Tables for Latin American Populations in the Nineteenth and Twentieth Centuries. Population Monograph Series, No. 3 (Berkeley: University of California, 1968).
Arriaga, Eduardo E., and Davis, Kingsley. “The Pattern of Mortality Change in Latin America,” Demography 6,3 (1969), 223–242.
Averbug, André. “Abertura e Integração Comercial Brasileira na Década de 90,” in A Economia Brasileira nos Anos 90, ed. Giambiagi, Fabio and Moreira, Maurício Mesquita (Rio de Janeiro:BNDES, 1999), 43–84.
Bacha, Edmar L. “Além da Tríade: há como reduzir os juros?” Texto para Discussão No. 17 (Rio de Janeiro: Instituto de Estudos de Política Econômica, Setembro 2010). Available at .
Bacha, Edmar L.. “Moeda, inércia e conflito: reflexões sobre políticas de estabilização no Brasil,” Pesquisa e Planejamento Econômico 18,1 (1988), 1–16.
Bacha, Edmar L., and Greenhill, Robert. 150 anos de café. 2nd ed., rev. ed. (Rio de Janeiro: Marcelino Martins & E. Johnston Exportadores, 1992).
Bacha, Edmar L., and Klein, Herbert S., ed. Social Change in Brazil 1945–1985: The Incomplete Transformation (Albuquerque: University of New Mexico Press, 1989).
Bacha, Edmar L., and Schwartzman, Simon, eds. Brasil: A nova agenda social (Rio de Janeiro: LTC, 2011).
Bacha, Edmar L., and Taylor, Lance. “Brazilian Income Distribution in the 1960s: ‘Facts,’ Model Results and the Controversy,” in Models of Growth and Distribution for Brazil, ed. Taylor, Lance et al. (New York: Oxford University Press, 1980), 296–342.
Baer, Werner. A economia brasileira (São Paulo:Nobel, 2002).
Bahia, Luiz Bias, and Domingues, Edson Paulo. Estrutura de inovações na indústria automobilística brasileira. Texto para Discussão No. 1472 (Brasília: IPEA, 2010).
Baleeiro, Aliomar, and Sobrinho, Barbosa Lima. Constituições Brasileiras: 1946 (Brasília: Senado Federal e Ministério de Ciência e Tecnologia, 2001).
Banerjee, Onil, Macpherson, Alexander J., and Alavalapati, Janaki. “Toward a Policy of Sustainable Forest Management in Brazil: A Historical Analysis,” The Journal of Environment & Development 18,2 (June 2009), 130–153.
Barbosa, AllanQueiroz, Claudius, Rodrigues, Júnia Marçal, and Rolim Sampaio, Luis Fernando. “De Programa a Estratégia: A Saúde da Família no Brasil em Perspectiva. Um comparativo da década de 2000.” Paper presented at Anais do XIV Seminário sobre a Economia Mineira, 2010.
Barbosa, Rui. Finanças e política da República. Discursos e escritos (Rio de Janeiro: Cia. Impressora, 1892).
Barros, Octavio de, and Pereira, Robson Rodrigues. “Desmitificando a tese da desindutrialização: reestrutração da indústria brasileira em uma época de transformações globais,” in Brasil Globalizado, ed. Barros, Octavio de and Giambiagi, Fabio (Rio de Janeiro: Elsevier/Campus, 2008), 299–330.
Barros, Ricardo Paes de, de Carvalho, Mirela, and Franco, Samuel. “O papel das Transferências Públicas na queda recente da desigualdade de Renda Brasileira,” in Brasil: A nova agenda social, ed. Bacha, Edmar Lisboa and Schwartzman, Simon (Rio de Janeiro: LTC, 2011), 41–85.
Barros, Ricardo Paes de, Franco, Samuel, and Mendonça, Rosane. Discriminação e segmentação no mercado de trabalho e desigualdade de renda no Brasil. Texto para Discussão No. 1288 (Rio de Janeiro: IPEA, Julho 2007).
Barros, Ricardo Paes de, de Carvalho, Mirela, Franco, Samuel, and Mendonça, Rosane. “Markets, the State and the Dynamics of Inequality: Brazil's Case Study,” in Declining Inequality in Latin America: A Decade of Progress?, ed. Lopez-Calva, Luis Felipe and Lustig, Nora (Washington, DC: Brookings Institution Press, 2010), 134–174.
Bassanezi, Maria, Beozzo, Sílvia C., and Bergamo Francisco, Priscila M. S., eds., Estado de São Paulo: estatística agrícola e zootécnica, 1904–1905 (Campinas: NEPO/UNICAMP, 2003).
Bastos, PedroZahluth, Paulo, and Dutra, Pedro Cezar, eds. A Era Vargas. Desenvolvimento, economia e sociedade (São Paulo: Editora UNESP, 2012).
Bastos, PedroZahluth, Paulo, and Dutra, Pedro Cezar,. “Desenvolvimento incoerente? Comentários sobre o projeto do segundo governo Vargas e as ideias econômicas de Horário Lafer (1948–1952),” Economia (Brasília) 6,3 (Dezembro 2005), 191–222. Available at .
Batalha, Claudio. O movimento Operário na Primeira República (Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2000).
Bello, José Maria. História da República (São Paulo: Cia Editora Nacional, 1976).
Beltrão, Kaizô Iwakami, and Pinheiro, Sonoe Sugahara. Brazilian Population and the Social Security System: Reform Alternatives. Texto para Discussão No. 929 (Rio de Janeiro: IPEA, 2005).
Beltrão, Kaizô Iwakami, Pinheiro, Sonoe Sugahara, and Eduardo, Franciscode Oliveira, Barreto. Population and Social Security in Brazil: An Analysis with Emphasis on Constitutional Changes. Texto para Discussão No. 862 (Rio de Janeiro: IPEA, 2002).
Benevides, Mariade Mesquita, Victoria. O governo Kubitschek. Desenvolvimento Econômico e Estabilidade Política (Rio de Janeiro: n.p., 1977).
Benjamin, AntonioDe, HermanVasconcellos, E.O Meio Ambiente na Constituição Federal de 1988,” Informativo Jurídico da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva 19,1 (Janeiro–Junho 2008), 37–80.
Berquó, Elza. “Brasil, um Caso Exemplar-anticoncepção e parto cirúrgicos – à espera de uma ação exemplar,” Estudos feministas 1,2 (2008), 366–381.
Berquó, Elza “Demographic Evolution of the Brazilian Population during the Twentieth Century,” in Population Change in Brazil: Contemporary Perspectives, ed. Hogan, David Joseph (Campinas: UNICAMP, 2001), 13–33.
Berquó, Elza, and de Camargo, Candido Procopio F, eds. La population du Brésil (Paris: UN/CICRED, 1974).
Berquó, Elza, and Cavenagh, Suzana. “Increasing Adolescent and Youth Fertility in Brazil: A New Trend or a One-Time Event?” Paper presented at the Annual Meeting of the Population Association of America (2005), 4. Available at .
Berquó, Elza, and Cavenagh, Suzana. “Mapeamento sócio-econômico e demográfico dos regimes de fecundidade no Brasil e sua variação entre 1991 e 2000.” Paper presented at XIV Encontro Nacional de Estudos Populacionais, ABEP (Caxambu, MG – Brasil, Setembro 20–24, 2004).
Betranou, Fabio M., and Rofman, Rafael. “Providing Social Security in a Context of Change: Experience and Challenges in Latin America,” International Social Security Review 55,1 (2002), 67–82.
Binswanger, Hans. “Brazilian Policies That Encourage Deforestation.” Environment Department Paper No. 16 (Washington, DC: World Bank, 1988).
Bojunga, Claudio. JK: o artista do impossível (Rio de Janeiro: Objetiva, 2001).
Bonelli, Regis, and Malan, Pedro. “Os limites do possível: notas sobre balanço de pagamento e indústria nos anos 70,” Pesquisa e Planejamento Econômico 6,2 (1976), 355–406.
Bonelli, Regis, and Pinheiro, Armando Castelar. “Abertura e crescimento econômico no Brasil,” in Globalizado, ed. de Barros, Octavio and Giambiagi, Fabio (Rio de Janeiro: Campus, 2008), 89–124.
Bourn, Richard. Getúlio Vargas of Brazil, 1883–1954: Sphinx of the Pampas (London: Knight, 1974).
Brito, Fausto. “Final de século: a transição para um novo padrão migratório?” Paper presented at the XII Encontro Nacional de Estudos Populacionais, ABEP (2000).
Brito, Fausto, Garcia, Ricardo Alexandrino, and Vieira de Souza, Renata G.. “As tendências recentes das migrações interestaduais e o padrão migratório.” Paper presented at the XIV Encontro Nacional de Estudos Populacionais, ABEP (2004).
Britto, Marcelo, Medeiros, Tatiana, and Soares, Fábio. Programas focalizados de Transferência de Renda no Brasil: Contribuições para o Debate. Texto para Discussão No. 1283 (Brasília: IPEA, 2007).
Buarque de Holanda, Sérgio, ed. “O Brasil Monárquico,” in História Geral da Civilização Brasileira, II:5 (Rio deJaneiro: Bertrand Brasil, 1997).
Bueno, Miguel, and Carcalholo, Marcelo Dias. “Inserção externa e vulnerabilidade da econômica brasileira no governo Lula,” in Os anos Lula – contribuições para um balanço critico 2003–2010, ed. Magalhães, J. P. A. (Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2010), 109–132.
Bunker, Stephen G.Underdeveloping the Amazon: Extraction, Unequal Exchange, and the Failure of the Modern State (Urbana: University of Illinois Press, 1985).
Caldeira, Antônio Prates, França, Elizabeth, Helena, IgnezPerpetuo, Oliva, and Andrade, Eugênio Marcos. “Evolução da mortalidade infantil por causas evitáveis, Belo Horizonte, 1984–1998,” Revista de Saúde Pública 39,1 (2005), 67–74.
Calógeras, João Pandiá. A política monetária do Brasil (São Paulo: Cia Editora Nacional, 1960).
Camarano, Ana Amélia, and Abramovay, Ricardo. Êxodo rural, envelhecimento e masculinização no brasil: panorama dos últimos 50 anos. Texto para Discussão No. 621 (Rio de Janeiro: IPEA, Janeiro 1999).
Campos, André Luiz Vieira de. Políticas internacionais de saúde na era Vargas: O Serviço Especial de Saúde Pública, 1942–1960 (Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2006).
Canabrava, Alice P.O algodão no Brasil, 1861–1875 (São Paulo: T. A. Queiróz Editor, 1984).
Canabrava, Alice P.. “A grande Lavoura,” in História da civilização brasileira, II:4, ed. de Holanda, Sérgio Buarque (São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1971), 85–140.
Cano, Wilson. Raízes da Concentração Industrial em São Paulo (São Paulo: Difel, 1977).
Cano, Wilson, and da Silva, Ana Lúcia Gonçalves. “Política Indústrial do Governo Lula,” in Os anos Lula: contribuições para um balanço crítico 2003–2010 (Rio de Janeiro: Garamond, 2010), 181–208.
Caputo, Ana Cláudia, and de Melo, Hildete Pereira. “A industrialização brasileira nos anos de 1950: Uma análise da Instrução 111 da Sumoc,” Estudos Econômicos 39,3 (Julho–Setembro 2009), 513–538.
Cardoso, Adalberto. “Transições da Escola para o Trabalho no Brasil: Persistência da Desigualdade e Frustração de Expectativas,” DADOS, Revista de Ciências Sociais 51,3 (2008), 569–616.
Cardoso, Adauto Lucio. “O Programa Favela-Bairro-Uma Avaliação.” Habitação e meio ambiente: assentamentos urbanos precários. IPT-Instituto de Pesquisas Tecnológicas; Programa Tecnologia de habitação (São Paulo: Habitare, 2002).
Cardoso, Fernando Henrique. “Dos Governos Militares a Prudente – Campos Sales,” in História Geral da Civilização Brasileira, III:1, ed. Fausto, Boris (Rio de Janeiro: Ed. Bertrand Brasil, 1989), 15–50.
Cardoso, Fernando Henrique. Mudanças Sociais na América Latina (São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1969).
Cardoso, Fernando Henrique, and Faletto, Enzo. Dependência e Desenvolvimento na América Latina – Ensaios de interpretação sociológica (Rio de Janeiro: Zahar, 1970).
de Mello, Cardoso, Manoel, João. O capitalismo tardio (São Paulo: Brasiliense, 1982).
Carli, Gileno de. O açúcar na formação econômica do Brasil (Rio de Janeiro: Annuário Açucareiro, 1937).
Carneiro, Dionísio Dias. “Crise e esperança: 1974–1980,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992), 295–322.
Carneiro, Dionísio Dias, and Modiano, Eduardo. “Ajuste externo e desequilíbrio interno: 1980–1984,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992), 323–346.
Carneiro, Ricardo. Desenvolvimento em crise. A economia brasileira no último quarto do século XX (São Paulo: Editora UNESP, 2002).
Carone, Edgard. A segunda República (São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1973).
Castro, Antonio Barros de, and de Souza, Francisco Eduardo Pires. A economia brasileira em marcha forçada (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985).
CELADE. Boletín demográfico 34,74 (Julio 2004).
Centro de Estudos Avançados em Economia aplicada – Esalq/USP the agrobusiness had a participation of 22.74% of the GNP in 2010. Available at .
Chesnais, Jean-Claude. The Demographic Transition, Stages, Patterns and Economic Implications (Oxford: Clarendon Press, 1991).
CNI – Confederação Nacional da Indústria. “Pesquisa sobre popularidade do Presidente Lula.” Available at .
Coelho, Alexandre Bragança. “A cultura do Algodão e a questão da integração entre preços internos e externos.” MA thesis, Universidade de São Paulo, 2002.
Coelho, Carlos Nayro. “70 anos de política agrícola no Brasil, 1931–2001,” Revista de Política Agrícola 10,3 (Julho–Setembro 2001), 695–726.
Cohn, Amélia. Previdência social e processo político no Brasil (São Paulo: Editora Moderna, 1981).
Cole, Célio Alberto. “A cadeia produtiva do trigo no Brasil: contribuição para geração de emprego e renda.” MA thesis, Porto Alegre: Iepe-UFRGS, 1998.
Committee on Population and Demography. Levels and Recent Trends in Fertility and Mortality in Brazil. Report No. 21 (Washington, DC: National Academy Press, 1983), 15.
Conceição, Junia Cristina P. R. da. A política dos preços mínimos e a política alimentar. Texto para Discussão No. 993 (Brasília: IPEA, 2003).
Conjuntura Econômica, Fundação Getúlio Vargas. Available at .
Corazza, Gentil. O Banco Central do Brasil – Evolução Histórica e Institucional. Available at .
Cordeiro, Hésio. “Instituto de Medicina Social e a luta pela reforma sanitária: contribuição à história do SUS,” Physis 14,2 (2004), 343–362.
Costa, Maria da Conceição Nascimento, Luiz, EduardoMota, Andrade, Paim, Jairnilson Silva, Vieira da Silva, Lígia Maria, da Glória Teixeira, Maria, and Maurício, CarlosMendes, Cardeal. “Mortalidade infantil no Brasil em períodos recentes de crise econômica,” Revista de Saúde Pública 37,6 (2003), 699–706.
Costa, Valeriano Mendes Ferreira. “A dinâmica Institucional da Reforma do Estado: um balanço do período FHC,” in O Estado Numa Era de Reformas: os Anos FHC (Brasília: 2002), Part 2, 9–56.
Coutinho, Mauricio C., and Salm, Cláudio. “Social Welfare,” in Social Change in Brazil 1945–1985: The Incomplete Transformation, ed. Bach, Edmar L. and Klein, Herbert S. (Albuquerque: University of New Mexico Press, 1989), 233–262.
Couto, Ronaldo Costa. Juscelino Kubitschek (Brasília, Edições Senado: Camara Federal, 2011).
D’Araujo, Maria Celina. O segundo governo Vargas 1951–1954: democracia, partidos e crise política. 2nd ed. (São Paulo: Ática, 1992), 156–167. Available at .
Davatz, Thomaz. Memórias de um colono no Brasil (1850) (Belo Horizonte, Itatiaia; São Paulo: Ed. Universidade de São Paulo, 1980).
Dean, Warren. With Broadaxe and Firebrand: The Destruction of the Brazilian Atlantic Forest (Berkeley: University of California Press, 1995).
Dean, Warren. Rio Claro: A Brazilian Plantation System, 1820–1920 (Stanford, CA: Stanford University Press, 1976).
Dean, Warren. The Industrialization of São Paulo (Austin: University of Texas Press, 1969).
Deerr, Noel. The History of Sugar (London: Chapman and Hall, 1949).
Delfim Netto, Antonio. O problema do café no Brasil (São Paulo: IPE-USP, 1981).
Delfim Netto, Antonio. “Análise do comportamento recente da economia brasileira: diagnóstico” (São Paulo: mimeo, 1967).
Delgado, Guilherme. “Expansão e modernização do setor agropecuário no pós-guerra: um estudo da reflexão agrária,” Estudos Avançados USP 15,43 (Setembro–Dezembro 2001), 157–172.
Delgado, Lucila de Almeida Neves. “O governo João Goulart e o golpe de 1964: memória, história e historiografia,” Tempo (Niterói) 14,18 (Junho 2010), 123–143.
Dias, Fernando Álvares Correia. O Refinanciamento dos Governos Subnacionais e o ajuste fiscal 1999/2003. Texto para Discussão No. 17 (Brasília: Consultoria Legislativa do Senado Federal, 2004).
Dias, Júnior, Santiago, Cláudio. “Comportamento reprodutivo: Uma análise a partir do grupo ocupacional das mulheres.” PhD thesis, Belo Horizonte: CEDELAR/UFMG, March 2007.
Dias, Guilherme Leite da Silva, and Cicely, Moitinho Amaral. Mudanças estruturais na agricultura brasileira, 1980–1998 (Naciones Unidas, CEPAL, Red de Desarrollo Agropecuario, Unidadde Desarrollo Agrícola, División de Desarrollo Productivoy Empresarial, 2001).
Diniz, Debora, and Medeiros, Marcelo. “Aborto no Brasil: uma pesquisa domiciliar com técnica de urna,” Ciência & Saúde Coletiva 15,1 (2010), 959–966.
Diniz, Eli. “O Estado novo: estutura de poder e relações de classe,” in História Geral da Civilização Brasileira, ed. Fausto, Boris (São Paulo: Difel, 1981). Tomo 3: O Brasil Republicano. Vol. 3: Sociedade e política (1930–1964), 77–119.
Draibe, Sônia Miriam. “O Welfare State in Brazil: Caracteristicas e Perspectivas,” Caderno de Pesquisa 8 (Campinas: UNICAMP, NEPP, 1993).
Draibe, Sônia Miriam. Rumos e Metamorfoses. Estado e Industrialização no Brasil: 1930–1960 (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985).
Dulles, John W. F.Vargas of Brazil: A Political Biography (Austin: Universitiy of Texas Press, 1967).
Dutra, Pedro Cezar. Vargas: o Capitalismo em Construção (São Paulo: Brasiliense, 1986).
Eisenberg, Peter. The Sugar Industry in Pernambuco: Modernization without Change, 1840–1910 (Berkeley: University of California Press, 1974).
Elias, Paulo Eduardo M., and Cohn, Amelia. “Health Reform in Brazil: Lessons to Consider,” American Journal of Public Health 93,1 (January 2003), 46.
Faleiros, Rogério Naques. Fronteiras do Café (São Paulo: Fapesp-Edusc, 2010).
Faria, Lina. Saúde e Política: a Fundação Rockefeller e seus parceiros em São Paulo (Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2007).
Faoro, Raymundo. Os donos do Poder. Formação do Patronato político brasileiro. 2 vols. (Porto Alegre: Ed. Globo; São Paulo: Ed. Universidade São Paulo, 1975).
Fausto, Boris. “Populismo in the Past and Its Resurgence.” Paper presented at the Conference in Honor of Boris Fausto, Stanford, CA, May 21, 2010.
Fausto, Boris. Trabalho urbano e conflito social (São Paulo: DIFEL, 1997).
Fausto, Boris. A revolução de 1930 (São Paulo: Brasiliense, 1975).
Fearnside, P. M., and Laurance, W. F.. “Tropical Deforestation and Greenhouse Gas Emissions,” Ecological Applications 14,4 (2004), 982–986.
Fernandes, Eduardo, Guimarães, Bruna Almeida, and Matheus, Ramalho Romulo. Principais Empresas e Grupos Brasileiros no Setor de Fertilizantes. Available at bibliografia/ biblioteca/ESTUDOS BRASIL/BRA 160.PDF.
Fernandes Filho, J. F. “A política brasileira de fomento à produção de trigo, 1930–1990,” in Anais do XXXIII Congresso Brasileiro de Economia Rural, Vol. 1 (Brasília: Sober, 1995), 443–474.
Ferraro, Alceu Ravanello. “Analfabetismo e níveis de letramento no Brasil: o que dizem os censos?Revista Educação & Sociedade (Campinas) 23,81 (Dezembro 2002), 21–47. Available at .
Ferreira, Jorge. “1946–1964: A experiência democrática no Brasil,” Revista Tempo 28 (Junho 2010), 11–18. Available at .
Ferreira, Jorge. “O nome e as coisas: o populismo na política brasileira,” in O populismo e sua história, ed. Ferreira, Jorge (Rio de Janeiro: E. Civilização Brasileira, 2000), 59–124.
Ferreira, Jorge, and de Almeida Neves, Lucília (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003), 2:241–285.
Ferreira, Sérgio Guimarães, and Veloso, Fernando A.. “Intergenerational Mobility of Wages in Brazil,” Brazilian Review of Econometrics 26,2 (November 2006), 181–211.
Filgueiras, Luiz. História do Plano Real (São Paulo: Boitempo, 2000).
Filomeno, Felipe Amin. “A crise Baring e a crise do Encilhamento nos quadros da economia-mundo capitalista,” Economia e Sociedade 19,1 (Abril 2010), 135–171.
Fishlow, Albert. “Origens e conseqüências da substituição de importações no Brasil,” in Formação Econômica do Brasil. A experiência da industrialização, ed. Versiani, Flavio Rabelo and de Barros, José Roberto Mendonça (São Paulo: Saraiva, 1977), 7–41.
Fishlow, Albert. “A distribuição de renda no Brasil,” in A controvérsia sobre a distribuição de renda e desenvolvimento, ed. Tolipan, R. and Tinelli, A. C. (Rio de Janeiro: Zahar, 1975), 159–189.
Fishlow, Albert. “Algumas reflexões sobre a política brasileira após 1964,” Estudos Cebrap 6 (Janeiro–Março 1974), 5–66.
Fishlow, Albert. “Brazilian Size Distribution of Income,” American Economic Review 62,1–2 (March 1972), 391–402.
Fonseca, Cristina M. Oliveira. Saúde no Governo Vargas (1930–1945): dualidade institucional de um bem público (Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2007).
Fonseca, Pedro Cezar Dutra. Vargas: o capitalismo em construção (1906–1954) (São Paulo: Brasiliense, 1989).
Fonseca, Pedro Cezar Dutra, and Marley, SergioMonteiro, Modesto. “O Estado e suas razões: o II PND,” Revista de Economia Política 28,1 (109) (Janeiro–Março 2007), 28–46.
Fonseca, R., Carvalho, M. C., and Pourchet, H.. A orientação externa da indústria de transformação brasileira após a liberalização comercial. Texto para Discussão No. 135 (Rio de Janeiro: IPEA, Abril 1998).
Fontanari, Rodrigo. “O problema do financiamento: uma análise histórica sobre o crédito no complexo cafeeiro paulista. Casa Branca (1874–1914).” MA thesis, Franca, UNESP, 2011.
França, Elisabeth, and Lansky, Sônia. “Mortalidade infantil neonatal no Brasil: situação, tendências e perspectivas.” Texto elaborado por solicitação da RIPSA para o Informe de Situação e Tendências: Demografia e Saúde [Textos de Apoio 3] (2008): 83–112.
Franco, Gustavo. O Desafio Brasileiro: ensaios sobre desenvolvimento, globalização e moeda (São Paulo: Editora 34, 1999).
Franco, Gustavo. O Plano Real e outros ensaios (Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1995).
Franco, Gustavo. “A Primeira década republicana,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992), 11–30.
Franco, Gustavo. “Reforma Monetária e instabilidade durante a transição republicana.” MA thesis, Economics, Rio de Janeiro: PUC/Rio, 1982.
Frank, Zephyr, and Musacchio, Aldo. “Overview of the Rubber Market, 1870–1930” (posted in 2010). Available at .
Freitas, Vladimir Passos de. “A constituição federal e a efetividade das normas ambientais.” PhD thesis, Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná, 1999.
French, John D. “Proclamando Leis, metendo o pau e lutando por direitos,” in Direitos e Justiças no Brasil, Ensaios de História Social, ed. Lara, Silva Hunold and Mendonça, Joseli M. N. (Campinas: Ed. UNICAMP, 2006), 379–416.
French, John D.. The Brazilian Workers’ ABC: Class Conflict and Alliances in Modern São Paulo (Chapel Hill: University of North Carolina Press, 1992).
Frischtak, Cláudio R.O investimento em infra-estrutura no Brasil: Histórico recente e perspectivas,” Pesquisa e Planejamento Econômico 38,2 (Agosto 2008), 307–348.
Fritsch, Wilton. “Apogeu e crise na primeira república: 1900–1930,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Campus, 1992), 31–72.
Fritsch, Wilton. “A crise cambial de 1982–83 no Brasil: origens e respostas,” in A América Latina e a crise internacional, ed. Plastino, C. A. and Bouzas, R. (Rio de Janeiro: Graal, 1988), 105–143.
Fritscher, André Martínez, Musacchio, Aldo, and Viareng, Martina. “The Great Leap Forward: The Political Economy of Education in Brazil, 1889–1930.” Working Papers No. 10–075 (Cambridge, MA: Harvard Business School, 2010).
Furtado, Celso. Análise do modelo brasileiro (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1972).
Furtado, Celso. Formação Econômica do Brasil (São Paulo: Cia Editora Nacional, 1968a).
Furtado, Celso. Um projeto para o Brasil (Rio de Janeiro: Saga, 1968b).
Gaspari, Elio. A ditadura encurralada (São Paulo: Companhia das Letras, 2004).
Gaspari, Elio. A ditadura derrotada (São Paulo: Companhia das Letras, 2003).
Gaspari, Elio. A ditadura envergonhada (São Paulo: Companhia das Letras, 2002a).
Gaspari, Elio. A ditadura escancarada (São Paulo: Companhia das Letras, 2002b).
Gasques, José Garcia, Eustáquio, José, Filho, R. V., and Navarro, Zander, eds. Agricultura brasileira: desempenho, desafios e perspectivas (Brasília: IPEA, 2010).
Gasques, José Garcia, Eustáquio, José, Filho, R. V., and Navarro, Zander, et al. Condicionantes da produtividade da agropecuária brasileira. Texto para Discussão No. 1017 (Brasília: IPEA, 2004a).
Gasques, José Garcia, Eustáquio, José, Filho, R. V., and Navarro, Zander, et al. Desempenho e crescimento do agronegócio no Brasil. Texto para Discussão No. 1009 (Brasília: IPEA, Fevereiro 2004b).
Gasques, José Garcia, and Silva Spolador, Humberto Francisco. Taxas de juros e políticas de apoio interno à agricultura. Texto para Discussão No. 952 (Brasília: IPEA, 2003).
Gasques, José Garcia, and Villa Verde, Carlos Monteiro. Gastos públicos na agricultura: evolução e mudança. Texto para Discussão No. 948 (Brasília: IPEA, 2003).
Gasques, José Garcia, Bastos, Eliana T., Bacchi, Mirian R. P., and Valdes, Constanza. “Produtividade total dos fatores e transformações da agricultura brasileira: análise dos dados dos censos agropecuários,” in A agricultura brasileira: desempenho, desafios e perspectivas, ed. Gasques, José G., Vieira Filho, José E. R., and Navarro, Zander (Brasília: IPEA, 2010), 19–44.
Giambiagi, Fabio, and de Castro, Lavinia Barros. “Previdência Social: Diagnósticos e propostas de reforma,” Revista do BNDES 10,19 (Junho 2003), 265–292.
Giambiagi, Fabio, and Moreira, Maurício Mesquita. A economia brasileira nos anos 90 (Rio de Janeiro: BNDES, 1990).
Giannotti, Vito. Historia das lutas dos trabalhadores no Brasil (Rio de Janeiro: Mauad X, 2007).
Goldsmith, Raymond W.Brasil 1850–1984. Desenvolvimento Financeiro Sob um Século de Inflação (São Paulo: Editora Harper & Row do Brasil, 1986).
Golgher, André Braz. “The Selectivity of Migration in Brazil: Implications for Rural Poverty,” Taller Nacional sobre “Migración interna y desarrollo en Brasil: diagnóstico, perspectivas y políticas,” Abril 30, 2007, Brasília.
Golgher, André Braz. Diagnóstico do processo migratório no Brasil: comparação entre não-migrantes e migrantes (Belo Horizonte: UFMG/CEDEPLAR, 2006).
Golgher, André Braz, de Figueiredo, Lízia, and Santolin, Roberto. “Migration and Economic Growth in Brazil: Empirical Applications Based on the Solow-Swan Model,” The Developing Economies 49,2 (June 2011), 148–170.
Gomes, Angela de Castro. “O populismo e as ciências sociais no Brasil: notas sobre a trajetória de um conceito,” in O populismo e sua história, ed. Ferreira, Jorge (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000), 17–57.
Gomes, Angela de Castro. A invenção do Trabalhismo (São Paulo: Vértice, 1988).
Goulding, Michael, Smith, Nigel J. H., and Mahar, Dennis J.. Floods of Fortune: Ecology and Economy along the Amazon (New York: Columbia University Press, 1996).
Graham, Richard. Patronage and Politics in Nineteenth-Century Brazil (Stanford, CA: Stanford University Press, 1990).
Graham, Richard. Britain and the Onset of Modernization in Brazil 1850–1914 (London:Cambridge University Press, 1968).
Grandin, Greg. Fordlandia: The Rise and Fall of Henry Ford's Forgotten Jungle City (New York: Metropolitan Books, 2009).
Guanziroli, Carlos E.PRONAF dez anos depois: resultados e perspectivas para o desenvolvimento rural,” Revista de Economia e Sociologia Rural 45,2 (Brasília) (Abril–Junho 2007), 301–328.
Guimarães, Alberto Passos. Quatro séculos de latifúndio (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977).
Haber, Stephen H.Business Enterprise and the Great Depression in Brazil: A Study of Profits and Losses in Textile Manufacturing,” The Business History Review 66,2 (Summer 1992), 335–363.
Haguenauer, L., Markwald, R., and Pourchet, H.. Estimativas do valor da produção industrial e elaboração de coeficientes de exportação e importação da indústria brasileira (1985–96). Texto para Discussão No. 563 (Rio de Janeiro: IPEA, Julho 1998).
Hanley, Anne G.Native Capital: Financial Institutions and Economic Development in São Paulo, Brazil, 1850–1920 (Stanford, CA: Stanford University Press, 2005).
Hasenblad, Carlos, and do Valle Silva, Nelos, eds. Origens e Destinos: Desigualidades sociais ao longo da vida (Rio de Janeiro: Topbooks, 2003).
Henriques, Affonso. Ascensão e Queda de Getúlio Vargas. 2 vols. (Rio de Janeiro and São Paulo: Distribuidora Record, s/d).
Hoffmann, Rodolfo, “Transferências de renda e a redução da desigualdade no Brasil e cinco regiões entre 1997 e 2004,” Econômica 8,1 (2006), 55–81.
Hoffmann, Rodolfo,. “Evolução da distribuição da posse de terra no Brasil no período 1960–80,”Reforma Agrária 12,6 (Novembro–Dezembro 1982), 17–34.
Hoffmann, Rodolfo, and Ney, Marlon Gomes. Evolução recente da estrutura fundiária e propriedade rural no Brasil (Brasília:Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2010). Available at ?
Holloway, Thomas H.Immigrants on the Land: Coffee and Society in São Paulo, 1886–1934 (Chapel Hill: University of North Carolina Press, 1980).
Homem de Melo, Fernando B.Composição da produção no processo de expansão da fronteira agrícola brasileira,” Revista de Economia Política 5,1 (Janeiro–Março 1985), 86–111.
Homem de Melo, Fernando B.. O problema alimentar no Brasil (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983).
Homem de Melo, Fernando B.. Agricultura de exportação e o problema da produção de alimentos. Texto para Discussão No. 30 (São Paulo: FEA-USP, 1979).
Homem de Melo, Fernando B., and Giannetti, Eduardo. Proálcool, energia e transportes (São Paulo: Fipe/Pioneira, 1981).
Horta, Cláudia Júlia Guimarães, de Carvalho, José Alberto Magno, and de Medeiros Frias, Luís Armando. “Recomposição da fecundidade por geração para Brasil e regiões: atualização e revisão.” Paper presented at Anais do ABEP 2000.
Jank, Marcos S., et al. “Exportações: existe uma ‘doença brasileira’?” in Brasil Globalizado, ed. Giambiagi, Fabio and de Barros, Octávio (Rio de Janeiro:Campus, 2008), 331–352.
Kalmanovitz, Salomón. “Las conseqüências econômicas de la Independencia en América Latina,” in Institucionalidade y desarrollo econômico en América Latina, ed. Bértola, Luis and Gerchunoff, Pablo (Santiago de Chile: Cepal, 2012), 62–63.
Keck, Margaret E.The Politics of Sustainable Development: Environmental Policy Making in Four Brazilian States,” Journal of Interamerican Studies and World Affairs 39,4 (Winter 1997–1998), 1–40.
Keck, Margaret E.. “Social Equity and Environmental Politics in Brazil: Lessons from the Rubber Tappers of Acre,” Comparative Politics 27,4 (July 1995), 409–424.
Keck, Margaret E.. The Workers’ Party and Democratization in Brazil (New Haven, CT: Yale University Press, 1992).
Klein, Herbert S.The Atlantic Slave Trade. 2nd ed., rev. ed. (New York and Cambridge: Cambridge University Press, 2010).
Klein, Herbert S.. “A Participação politíca no Brasil do século XIX: Os votantes de São Paulo em 1880,” Dados. Revista de Ciéncias Sociais (Rio de Janeiro) 38,3 (1995), 527–544.
Klein, Herbert S.. “The Supply of Mules to Central Brazil: The Sorocaba Market, 1825–1880,” Agricultural History 64,4 (Fall 1990), 1–25.
Klein, Herbert S., and Luna, Francisco Vidal. “Mudanças Sociais no Período Militar (1964–1985),” in Cinquenta Anos A ditadura que mudou o Brasil, ed. Aarão, Daniel, Ridenti, Marcelo, and Patto Sá Motta, Rodrigo (Rio de Janeiro: Zahar Editora, forthcoming 2014).
Kochanek, Kenneth D., and Martin, Joyce A.. Supplemental Analyses of Recent Trends in Infant Mortality. [NIH, CDC]. Available at .
Kubitschek de Oliveira, Juscelino. Juscelino Kubitschek I (depoimento de 1974), DPDOC, 1979, and Juscelino Kubitschek I (depoimento de 1976), DPDOC, 1979.
Betty Mindlin, Lafer, ed. Planejamento no Brasil (Sao Paulo: Perspectiva, 1987).
Lafer, Celso. “O planejamento no Brasil: Observações sobre o Plano de Metas,” in Planejamento Econômico no Brasil, ed. Mindlin, Betty (São Paulo: Perspectiva, 1973), 29–49.
Lago, Luiz Aranha Correa do. “A retomada do crescimento e as distorções do ‘milagre’: 1967–1973,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992), 233–294.
Lamounier, Bolivar. “O ‘Brasil autoritário’ revisitado: o impacto das eleições sobre a ditadura,” in Democratizando o Brasil, ed. Stepan, Alfred (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985), 83–134.
Langoni, Carlos G.Distribuição de renda e desenvolvimento econômico no Brasil (Rio de Janeiro: Expressão e Cultura, 1973).
Lattes, Zulma Recchini de, and Lattes, Alfredo E.. La Población de Argentina (Buenos Aires: C.I.C.R.E.D. Series, 1974).
Laurance, William F., et al. “The Fate of Amazonian Forest Fragments: A 32-Year Investigation,” Biological Conservation 144 (2011), 56–67.
Laurance, William F., Vasconcelos, Heraldo L., and Lovejoy, Thomas E.. “Forest Loss and Fragmentation in the Amazon: Implications for Wildlife Conservation,” Oryx 34,1 (2000), 39–45.
Lavinas, Lena, Henrique Garcia, Eduardo, and do Amaral, Marcelo Rubens. Desigualdades Regionais: Indicadores Socioeconômicos nos Anos 90. Texto para Discussão No. 460 (Rio de Janeiro:Fevereiro 1997).
Leite, Celso Barroso. “Da lei Elói Chaves ao Sinpas,” in Um século de previdência social: balanço e perspectivas no Brasil e no mundo, ed. Leite, Celso Barroso (Rio de Janeiro: Zahar, 1983), 39–44.
Leite, Cristiane Kerches da Silva. Federalismo, processo decisório e ordenamento fiscal: a criação da Lei de Responsabilidade Fiscal. Texto para Discussão No. 1593 (Brasília: IPEA, 2011).
Leopoldi, Maria Antonieta Parahyba. “A economia política do primeiro governo Vargas (1930–1945): a política econômica em tempos de turbulência,” in O tempo do nacional-estadismo: doinício da década de 1930 ao apogeu do Estado Novo, 2 vols., ed.
Carlos, Lessa. Quinze anos de política econômica (São Paulo: Brasiliense/UNICAMP, 1975).
Lessa, Carlos, and Fiori, José Luiz. “Houve uma política nacional-populista,” Encontro Nacional da ANPEC (São Paulo: ANPEC, 1984).
Levine, Robert M., Father of the Poor? Vargas and His Era (New York: Cambridge University Press, 1998).
Levy, Maria Bábara. A indústria do Rio de Janeiro através de suas sociedades anonimas (Rio de Janeiro: Prefeitura do Município do Rio de Janeiro, 1994).
Levy, Maria Stella Ferreira. “O Papel da Migração Internacional na evolução da população brasileira (1872 a 1972),” Revista de Saúde Publica 8 (Suppl.) (1974), 71–73, Table 1.
Lima, José Luiz. “Estado e desenvolvimento do setor elétrico no Brasil: das origens à criação da Eletrobrás.” MA thesis, São Paulo, Faculdade de Economia e Administração, USP, 1983.
Lima, Ruy Cirne. Pequena História Territorial do Brasil. Sesmarias e Terras Devolutas (São Paulo:Secretaria do Estado da Cultura, 1990).
Limoncic, Flávio. “The Brazilian Automotive Industry in International Context: From European to American Crisis,” Michigan, “New Perspectives on Latin American and US Noon Lectures Series,” January 2009, 8 pp.
Linz, Juan J. “The Future of an Authoritarian Situation or the Institutionalization of an Authoritarian Regime: The Case of Brazil,” in Authoritarian Brazil, ed. Stepan, Alfred (New Haven, CT: Yale University Press, 1976), 233–254.
Loewenstein, Karl. Brazil under Vargas (New York:The Macmillian Company, 1942).
Lopes, Francisco L.O choque heterodoxo: combate à inflação e reforma monetária (Rio de Janeiro: Campus, 1986).
Lopes, José Cláudio Bittencourt. “O Proálcool: uma avaliação.” MA thesis, Universidade Federal de Viçosa, 1992.
Lopes de Souza, Marcelo. “Metropolitan Deconcentration, Socio-political Fragmentation and Extended Suburbanisation: Brazilian Urbanisation in the 1980s and 1990s,” Geoforum 32,4 (2001), 437–447.
Lourenço, Filho, Bergström, Manoel. Tendências da educação brasileira. 2nd ed. (Brasília: Inep/MEC, 2002).
Love, Joseph LeRoy. The Revolt of the Whip (Stanford, CA: Stanford University Press, 2012).
Love, Joseph LeRoy. São Paulo in the Brazilian Federation, 1889–1937 (Stanford, CA: Stanford University Press, 1980).
Love, Joseph LeRoy, and Baer, Werner, eds. Brazil under Lula: Economy, Politics, and Society under the Worker-President (New York: Palgrave/Macmillan, 2009).
Luna, Francisco Vidal. “O Programa de Estabilização e os Salários,” Revista de Economia Política 6,3 (Julho–Setembro 1986), 129–131.
Luna, Francisco Vidal, and Klein, Herbert S.. Brazil since 1980 (New York:Cambridge University Press, 2006).
Luna, Francisco Vidal, and Nogueira Neto, Thomaz de Aquino. Correção monetária e mercado de capitais: a experiência brasileira (São Paulo: Bovespa, 1978).
Luna, Francisco Vidal, Klein, Herbert S., and Summerhill, William R.. “A agricultura paulista em 1905,” Estudos Econômicos (São Paulo), forthcoming.
Lupu, Noam, and Stokes, Susan C.. “The Social Bases of Political Parties in Argentina, 1912–2003,” Latin American Research Review 44,1 (2009), 58–87.
Luz, Nícia Vilela. A luta pela industrialização do Brasil (São Paulo: Editora Alfa Omega, 1978).
Macarini, José Pedro. “A política econômica do Governo Sarney: os Planos Cruzado (1986) e Bresser (1987).” Texto para Discussão No. 157 (Campinas: IE/UNICAMP, March 2009).
Macedo, Roberto. “Dilma e suas circunstâncias,” Jornal O Estado de São Paulo (São Paulo) (Julho 19, 2012).
Macedo, Roberto. “Plano Trienal de Desenvolvimento Econômico e Social,” in Planejamento no Brasil, ed. Mindlin, Betty (São Paulo: Perspectiva, 2001), 51–68.
Machado, Carlos José Saldanha. “Mudanças conceituais na administração pública do meio ambiente,” Ciência e Cultura 55,4 (2003), 24–26.
Maddison, Angus. The World Economy: A Millennial Perspective (Geneva, Switzerland: OCDE, 2001).
Mahar, Dennis J.Government Policies and Deforestation in the Brazilian Amazon (Washington, DC: World Bank, 1989).
Maia, Rosane de Almeida. “Estado e Industrialização no Brasil: Estudo dos Incentivos ao setor privado, nos quadros do Programa de Metas do Governo Kubitschek.” MA thesis, São Paulo, FEA-USP, 1986.
Malloy, James. The Politics of Social Security in Brazil (Pittsburgh, PA: University of Pittsburgh Press, 1979).
Marcondes, Renato Leite. “O Financiamento Hipotecário da Cafeicultura no Vale do Paraíba Paulista (1865–87),” Revista Brasileira de Economia 56,1 (Janeiro–Março 2002), 147–170.
Margulis, Sergio. “Causes of Deforestation of the Brazilian Amazon.” World Bank Working Papers No. 22 (Washington, DC: World Bank, 2004).
Margulis, Sergio. “O Desempenho ambiental do Governo Brasileiro e do Banco Mundial em Projetos Co-financiados pelo Banco.” Textos para Discussão No. 194 (Brasilia: IPEA, 1999).
Marichal, Carlos, and Topik, Steven. “The State and Economic Growth in Latin America: Brazil and Mexico, Nineteenth and Early Twentieth Centuries,” in Nation, State and the Economy in History, ed. Teichova, Alice and Matis, Herbert (Cambridge: Cambridge University Press, 2002), 349–372.
Marinho, Emerson, and Araujo, Jair. “Pobreza e o sistema de seguridade social rural no Brasil,” Revista Brasileira de Economia 64,2 (2010), 161–174.
Marini, Miguel Angelo, and Garcia, Federico Innecco. “Bird Conservation in Brazil,” Conservation Biology 19,3 (June 2005), 665–671.
Marques, Maria Silva Bastos. “O Plano Cruzado: teoria e prática,” Revista de Economia Política 8,3 (Julho–Setembro 1983), 101–130.
Martine, George. A redistribuição espacial da população brasileira durante a década de 80. Texto para Discussão No. 329 (Brasília: IPEA, Janeiro 1994).
Martinelli, Luiz A., and Filoso, Solange. “Expansion of Sugarcane Ethanol Production in Brazil: Environmental and Social Challenges,” Atmospheric Environment 18,4 (2008), 885–898.
Martinelli, Luiz A., Naylor, Rosamond, Vitousek, Peter M., and Moutinho, Paulo. “Agriculture in Brazil: Impacts, Costs, and Opportunities for a Sustainable Future,” Current Opinion in Environmental Sustainability 2 (2010), 431–438.
Martines-Filho, J., Burnquist, H. L., and Vian, C. E. F.. “Bioenergy and the Rise of Sugarcane-based Eethanol in Brazil,” Choices 21,2 (2006), 91–96.
Fritscher, Martínez, André, Aldo Musacchio, and Viareng, Martina. “The Great Leap Forward: The Political Economy of Education in Brazil, 1889–1930,” Working Papers No. 10–075 (Cambridge, MA: Harvard Business School, 2010), 2. Available at .
Martins, Carlos Benedito. “O ensino superior brasileiro nos anos 90,” São Paulo em Perspectiva 14,1 (2000), 41–60.
Martone, Celso. “Análise do Plano de Ação Econômica do Governo, PAEG (1964–1966),” in Planejamento no Brasil, ed. Mindlin, Betty (São Paulo: Perspectiva, 2001), 69–90.
Matos, Odilon Nogueira de. Café e ferrovias: a evolução ferroviária de São Paulo e o desenvolvimento da cultura cafeeira (São Paulo: Alfa-Omega, 1974).
Matos, Raquel Silvério, and Machado, Ana Fávia. “Diferencial de rendimento por cor e sexo no Brasil (1987–2001),” Econômica (RJ) 8,1 (Junho 2006), 5–27.
MattoonJr., Robert H.Railroads, Coffee, and the Growth of Big Business in Sao Paulo, Brazil,” The Hispanic American Historical Review 57,2 (May 1977), 273–295.
Mattos, Fernando Augusto Mansor de. Emprego público no Brasil: aspectos históricos, inserção no mercado de trabalho nacional e evolução recente. Textos para Discussão No. 1582 (Brasília: IPEA, Fevereiro 2011).
Medeiros, Marcelo, Britto, Tatiana, and Soares, Fábio. Programas focalizados de Transferência de Renda no Brasil. Texto para Discussão No. 1283 (Brasília: IPEA, Junho 2007).
Mello, Pedro Carvalho de. “The Economics of Labor in Brazilian Coffee Plantations, 1850–1888.” PhD thesis, Department of Economics, University of Chicago, 1977.
Meneguello, Rachel. Partidos e governos no Brasil contemporâneo (1985–1997) (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998).
Menezes, Greice, and Aquino, Estela M. L.. “Pesquisa sobre o aborto no Brasil: avanços e desafios para o campo da saúde coletiva,” Cadernos de Saúde Pública 25 (Suppl. 2) (2009), 193–204.
Mercadante, Aloízio, ed., O Brasil pós-Real: a política econômica em debate (Campinas: UNICAMP, 1997).
Mercadante, Otávio Azevedo, et al. “Evolução das Politicas e do Sistema de Saúde no Brasil,” in Caminhos da Saúde Pública no Brasil, ed. Finkelman, Jacobo (Rio de Janeiro: Fiocruz, 2002), 235–313.
Merrick, Thomas, and Graham, Douglas. “População e desenvolvimento no Brasil: Uma perspectiva histórica,” in Economia Brasileira: Uma Visão Histórica, ed. Nauhaus, Paulo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1980), 45–88.
Merrick, Thomas, and Graham, Douglas. Population and Economic Development in Brazil, 1800 to the Present (Baltimore, MD: Johns Hopkins University Press, 1979).
Miller, Shawn W.An Environmental History of Latin America (Cambridge: Cambridge University Press, 2007).
Miller, Shawn W.. Fruitless Trees: Portuguese Conservation and Brazil's Colonial Timber (Stanford, CA: Stanford University Press, 2000).
Milliet, Sérgio. Roteiro do Café e outros ensaios (São Paulo:Hucitec, 1982).
Mineiro, Adhemar S. “Desenvolvimento e inserção externa: Algumas considerações sobre o período 2003–2009 no Brasil,” in Os anos Lula: contribuições para um balanço crítico 2003–2010, ed. Magalhães, J. P. A. (Rio de Janeiro: Garamond, 2010), 133–160.
Modiano, Eduardo. “A ópera dos três cruzados: 1985–1989,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992), 347–386.
Monbeig, Pierre. Pioneiros e Fazendeiros de São Paulo (São Paulo:Hucitec-Polis, 1984).
Monteiro, Sérgio. “Política econômica e credibilidade: uma análise dos governos Jânio Quadros e João Goulart.” Available at .
Moreira, Maurício Mesquita. “Estrangeiros em uma Econômica Aberta: Impactos recentes sobre a produtividade, a concentração e o comércio exterior,” in A Economia Brasileira nos Anos 90, ed. Giambiagi, Fabio and Moreira, Maurício Mesquita (Rio de Janeiro: BNDES, 1999), 333–374.
Mortara, Giorgio. “The Development and Structure of Brazil's Population,” Population Studies 8,2 (November 1954), 121–139.
Motta, José Flavio. “Escravos daqui, dali e de mais além: o tráfico interno de escravos em Constituição (Piracicaba), 1861–1880,” Revista Brasileira de História 26,52 (2006), 15–47.
Motta, José Flavio, and Marcondes, Renato L.. “O comércio de escravos no Vale do Paraíba paulista: Guaratinguetá e Silveiras na década de 1870,” Estudos Econômicos 30,2 (Abril–Junho 2000), 267–299.
Moura, Gerson. O alinhamento sem recompensa: a política externa do governo Dutra (Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas. Centro de Documentação de História Contemporânea, 1990). Available at .
Mueller, Charles, and Martine, George. “Modernização agropecuária, emprego agrícola e êxodo rural no Brasil – a década de 1980,” Revista de Economia Política 17,3 (Julho–Setembro 1997), 85–104.
Murilo de Carvalho, José. A construção da Ordem: a elite política imperial; Teatro das sombras: a política imperial (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003).
Nassif, Maria Ines. “Previdência Social,” in A Era FHC. Um Balanço, ed. Lamounier, Bolivar and Figueiredo, Rubens (São Paulo: Cultura Associados, 2002), 569–598.
Nepstad, Daniel C., Stickler, Claudia M., Soares-Filho, Britaldo, and Merry, Frank. “The End of Deforestation in the Brazilian Amazon,” Science 326 (December 2009), 1350–1351.
Nepstad, Daniel C., Stickler, Claudia M., Soares-Filho, Britaldo, and Merry, Frank, et al. “Interactions among Amazon Land Use, Forests and Climate: Prospects for a Near-term Forest Tipping Point,” Philosophical Transactions of the Royal Society B 363 (2008), 1737–1746.
Neri, Marcelo Côrtes, ed. Novo Mapa das Religiões (Rio de Janeiro:Fundação Getúlio Vargas, Centro de Políticas Sociais, 2011a).
Neri, Marcelo Côrtes, ed. Desigualdade de Renda na Década (Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, Centro de Políticas Sociais, 2011b).
Neto, Lira. Getúlio 1882–1830. Dos anos de formação à conquista do poder (São Paulo: Cia. das Letras, 2012).
Neto, Lira. Castelo: a marcha para a ditadura (São Paulo: Contexto, 2004).
Nicol, Robert N. V. C. “A agricultura e a Industrialização no Brasil (1850/1930).” PhD thesis, Economics, Universidade de São Paulo, FFLCH-USP, 1974.
OberackerJr., Carlos H. “A colonização baseada no regime de pequena propriedade agrícola,” in História Geral da Civilização Brasileira, II:3, ed. de Holanda, Sérgio Buarque (São Paulo:Difusão Europeia do Livro, 1969), 220–245.
Oliveira, Elisa Hijino de. “Arranjos unipessoais no brasil 1997–2007: uma análise sócio-demográfica e de gênero das pessoas que moram sozinhas.” MA thesis, Rio de Janeiro: IBGE, Escola Nacional de Ciências Estatísticas, 2009.
Oliveira, Francisco Eduardo Barreto de, Iwakami Beltrão, Kaizô, and Carlos de Albuquerque David, Antonio. Dívida da União com a Previdência Social: uma perspectiva histórica, Texto para Discussão No. 638 (Rio de Janeiro: IPEA, 1999).
Oliveira, Gesner de, and Turolla, Frederico. “Política Econômica do segundo governo FHC: mudança em condições adversas,” Tempo Social (São Paulo) 15,2 (Novembro 2003), 195–217. Available at .
Oliveira, Juarez de Castro, and de C. e Albuquerque, Fernando Roberto P.. “A mortalidade no Brasil no período 1980–2004: desafios e oportunidades para os próximos anos,” Rio de Janeiro: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, December 2005.
Marcio de, Oliveira Júnior. A Liberação Comercial Brasileira e os Coeficientes de Importação – 1990/95. Texto para Discussão No. 703 (Rio de Janeiro: IPEA, Fevereiro 2000).
Oliveira, Wilson José Ferreira de. “Gênese e redefinições do militantismo ambientalista no Brasil,” DADOS Revista de Ciências Sociais 51,3 (2008), 751–777.
Orenstein, Luiz, and Claudio Sochaczewski, Antonio. “Democracia com Desenvolvimento: 1956–1961,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992), 171–212.
Osorio, Rafael Guerreiro, and Ferreira de Souza, Pedro H. G.. Evolução da pobreza extrema e da desigualdade de renda na Bahia: 1995 a 2009. Textos para Discussão No. 1696 (Brasília: IPEA, Janeiro 2012).
Osorio, Rafael Guerreiro, Pedro, H.de Souza, G. F., Soares, Sergei S. D., and Batista de Oliveira, Luis Felipe. Perfil da pobreza no Brasil e sua evolução no período 2004–2009. Texto para Discussão No. 1647 (Brasília: IPEA, Agosto 2011).
Paes de Barros, Ricardo, Henriques, Ricardo, and Mendonça, Rosane. “Desigualdade e Pobreza no Brasil. Retrato de uma estabilidade inaceitável.” Revista Brasileira de Ciências Sociais 15,42 (February 2000), 123–142.
Paim, Jairnilson, Travassos, Claudia, Almeida, Celia, Bahia, Ligia, and Macinko, James. “The Brazilian Health System: History, Advances, and Challenges,” The Lancet 377,9779 (2011), 1778–1797.
Paiva, Ruy Muller. “Reflexões sobre as tendências da produção, da produtividade e dos preços do setor agrícola no Brasil,” in Agricultura subdesenvolvida, ed. , F. (Petrópolis: Vozes, 1968), 167–261.
Palloni, Alberto. “Fertility and Mortality Decline in Latin America,” Annals of the American Academy of Political and Social Science 510 (Julho 1990): 126–144.
Pamuk, Ayse, and Cavallieri, Paulo Fernando A.. “Alleviating Urban Poverty in a Global City: New Trends in Upgrading Rio-de-Janeiro's Favelas.” Habitat International 22,4 (1998), 449–462.
Pastore, Affonso Celso. “A resposta da produção agrícola aos preços no Brasil.” PhD thesis, Economics, USP, 1969.
Pastore, Affonso Celso, Pinotti, Maria, and Porto de Almeida, Leonardo. “Cambio e crescimento: o que podemos aprender?” in Brasil Globalizado, ed. Giambiagi, Fabio and de Barros, Octávio (Rio de Janeiro: Elsevier, 2008), 268–298.
Pastore, José. Inequality and Social Mobility in Brazil (Madison: University of Wisconsin Press, 1982).
Pastore, José, Silva Dias, Guilherme L., and Castro, Manoel C.. “Condicionantes da produtividade da pesquisa agrícola no Brasil,” Estudos Econômicos 6,3 (1976), 147–181.
Paula, Marilena de, ed. “Nunca antes na História desse país”…? Um Balanço das Políticas do Governo Lula (Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Böll, 2011).
Peláez, Carlos Manuel. História da Industrialização Brasileira. Crítica à Teoria Estruturalista no Brasil (Rio de Janeiro:Apec, 1972).
Peláez, Carlos Manuel, and Suzigan, Wilson. História Monetária do Brasil (Brasília: Universidade de Brasília, 1981).
Pereira, Lia Valls. Brazil Trade Liberalization Program. UNCTAD. Available at .
Pereira, Luiz Carlos Bresser. “Heterodoxia e Ortodoxia no Plano Bresser,” Revista Conjuntura Econômica (Feverero 1993), 52–54.
Pereira, Luiz Carlos Bresser. “Inflação inercial e o Plano Cruzado,” Revista de Economia Política 6,3 (Julho–Setembro 1986), 9–24.
Perissinotto, Renato Monseff. Estado e Capital Cafeeiro em São Paulo (1889–1930) (São Paulo: Fapesp; Campinas: UNICAMP, 1999).
Perlman, Janice. The Myth of Marginality: Urban Poverty and Politics in Rio de Janeiro (Berkeley: University of California Press, 1980).
Petrone, Maria Thereza Schorer. “Imigração assalariada,” in História Geral da Civilização Brasileira, ed. de Holanda, Sérgio Buarque, Tomo 2, Vol. 3 (São Paulo:Difel, 1985), 274–296.
Picanço, Felícia. “O Brasil que sobe e desce: Uma análise da mobilidade socioocupacional e realização de êxito no mercado de trabalho urbano,” DADOS – Revista de Ciências Sociais 50,2 (2007), 393–433.
Pinheiro, Armando Castelar. A experiência brasileira de privatização: o que vem a seguir. Texto para Discussão No. 87 (Rio de Janeiro: IPEA, 2002).
Pinho Neto, Demosthenes Madureira de. “A Estratégia brasileira em perspectiva internacional,” in O BNDES e o Plano de Metas (Rio de Janeiro:BNDES, Junho 1996). Available at .
Pinto, Adolpho Augusto. História da viação pública de São Paulo (São Paulo: Governo do Estado de São Paulo, 1977).
Pinto, José Marcelino de Rezende. “O acesso à educação superior no Brasil.”Educação Social 25,88 (Outubro 2004), 727–752.
Portes, Alejandro. “Housing Policy, Urban Poverty, and the State: The Favelas of Rio de Janeiro, 1972–1976,” Latin American Research Review 14,2 (1979), 3–24.
Prado, Junior Caio. História Econômica do Brasil (São Paulo: Brasiliense, 1972).
Prado, Maria Lígia Coelho. A democracia ilustrada. O Partido Democrático de São Paulo, 1926–1934 (São Paulo: Ática, 1986).
Prado, Maria Lígia Coelho, and Rolim Capelato, Maria Helena. “A borracha na economia brasileira na primeira república,” in História geral da civilização brasileira, ed. Fausto, Boris, Tomo III, Vol. 1 (Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989), 285–307.
Prata, Pedro Reginaldo. “A Transição Epidemiológica no Brasil,” Cadernos de Saúde Pública 8,2 (Abril–Junho 1992), 168–175.
Prebisch, Raúl. “O desenvolvimento econômico da América Latina e seus principais problemas,” Revista Brasileira de Economia 3 (1949), 49–111.
Queiroz, Maria Isaura Pereira de. O mandonismo local na vida política brasileira (São Paulo:Alfa-Omega, 1976).
Quine, Maria Sophia. Italy's Social Revolution: Charity and Welfare from Liberalism to Fascism (New York: Palgrave, 2002).
Ramos, Lauro R. A., and Almeida Reis, José Guilherme. “Distribuição da renda: aspectos teóricos e o debate no Brasil,” in Distribuição de renda no Brasil, ed. Camargo, José Marcio and Giambiagi, Fabio (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000), 21–45.
Redwood II, John. World Bank Approaches to the Brazilian Amazon: The Bumpy Road toward Sustainable Development. LCR Sustainable Development Working Paper No. 13 (Washington, DC: World Bank, November 2002).
Rego, J. M.Inflação inercial, teoria sobre inflação e o Plano Cruzado (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986).
Resende, André Lara. “Em plena crise: uma tentativa de recomposição analítica,” Estudos Avançados (Universidade de São Paulo) 65 (2009), 73–87.
Resende, André Lara. “Estabilização e reforma,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992), 213–232.
Rezende, Gervazio Castro de. A política de preços mínimos e o desenvolvimento agrícola da região Centro-Oeste. Texto para Discussão No. 870 (Brasília: IPEA, 2002).
Ribeiro, Carlos Antonio Costa. Estrutura de classe e mobilidade social no Brasil (Bauru, SP: Educ, 2007).
Ribeiro, Milton, Paul Metzger, Cezar Jean, Martensen, Alexandre Camargo, Ponzoni, Flávio Jorge, and Hirota, Márcia Makiko. “The Brazilian Atlantic Forest: How Much Is Left, and How Is the Remaining Forest Distributed? Implications for Conservation,” Biological Conservation 142 (2009), 1141–1153.
Rocha, Sonia. “Alguns aspectos relativos à evolução 2003–2004 da pobreza e da indigência no Brasil,” Janeiro 2006. Available at .
Rocha, Sonia. “Impacto sobre a pobreza dos novos programas federais de transferência de renda,” n.d. Available at .
Rodrigues, Roberto, and Wedekin, Ivan. “Uma estratégia para o agronegócio brasileiro,” in O novo governo e os desafios do desenvolvimento, ed. Leite, Antonio Dias and Velloso, João Paulo Reis (Rio de Janeiro: Fórum Nacional, 2002), 549–570.
RossiJr., José Luiz, and Ferreira, Pedro Cavalcanti. Evolução da produtividade industrial brasileira e a abertura comercial. Texto para Discussão No. 651 (Rio de Janeiro:IPEA, 1999).
Sachsida, Adolfo, de Castro, Paulo Furtado, Cardoso de Mendonça, Mario Jorge, and Albuquerque, Pedro H.. Perfil do migrante brasileiro. Texto para Discussão No. 1410 (Rio de Janeiro: IPEA, Julho 2009).
Saes, Flávio A. M.A controvérsia sobre a Industrialização na Primeira Republica,” Estudos Avançados 3,7 (Setembro–Dezembro 1989), 20–39.
Saes, Flávio A. M.. A grande empresa de serviços públicos (São Paulo: Hucitec, 1986).
Saes, Flávio A. M.. As ferrovias de São Paulo, 1870–1940 (São Paulo:Hucitec-INL-MEC, 1981).
Sánchez-Albornoz, Nicolás. “The Population of Latin America, 1850–1930,” in The Cambridge History of Latin America, Vol. IV, ed. Bethell, Leslie (Cambridge: Cambridge University Press, 1986), 121–152.
Santos, Cézar, and Ferreira, Pedro Cavalcanti. “Migração e distribuição regional de renda no Brasil,” Pesquisa e Planejamento Econômico 37,3 (December 2007), 405–426.
Saretta, Fausto. “O Governo Dutra na Transição Capitalista no Brasil,” in História Econômica do Brasil Contemporâneo, ed. Szrecsányi, Tamáz and Suzigan, Wilson (São Paulo:Edusp/Hucitec/Imprensa Oficial SP, 1996), 99–120.
Sayad, João. Planos Cruzado e Real: acertos e desacertos. Seminários Dimac (Rio de Janeiro: IPEA, Setembro 30, 2000).
Scalon, Maria Celi. Mobilidade social no Brasil, padrões e tendências (Rio de Janeiro: Revan, 1999).
Schmitter, Philippe C. “The ‘Portugalization’ of Brazil,” in Authoritarian Brazil, ed. Stepan, Alfred (New Haven, CT: Yale University Press, 1976), 179–232.
Schulz, John. The Financial Crisis of Abolition (New Haven, CT, and London: Yale University Press, 2008).
Schwarcz, Lilia Moritz. As Barbas do Imperador. D. Pedro II, um monarca nos trópicos (São Paulo:Cia. das Letras, 1999).
Schwartzman, Simon. A Space for Science – The Development of the Scientific Community in Brazil (College Station: Pennsylvania State University Press, 1991).
Schwartzman, Simon, Bomeny, Helena M. B., and Costa, Vanda M. R.. Nos tempo de Capanema (São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo and Ed. Paz e Terra, 1984).
Schwarzer, Helmut, and Querino, Ana Carolina. Benefícios sociais e pobreza: Programas não contributivos da seguridade social brasileira. Texto para Discussão No. 929 (Brasília: IPEA, 2002).
Sedgh, Gilda, Henshaw, Stanley, Singh, Susheela, Åhman, Elisabeth, and Shah, Iqbal H. “Induced Abortion: Estimated Rates and Trends Worldwide,” Lancet 370 (October 13, 2007), 1338–1345.
Federal, Senado. A Abolição no Parlamento: 65 anos de luta, 1823–1888 (Brasília: Subsecretaria de Arquivo, 1988).
Serra, José, and Afonso, José Roberto. “Mais prática do que discurso,” Valor Econômico (Maio 5, 2010). Available at .
Silber, Simão. “Análise da política econômica e do comportamento da economia brasileira durante o período 1929/1939,” in Formação Econômica do Brasil. A experiência da industrialização, ed. Versiani, Flavio Rabelo and Mendonça de Barros, José Roberto (São Paulo: Saraiva, 1977), 173–207.
Silber, Simão. “Política econômica. Defesa no nivel de renda e industrialização no período 1929–1939.” MA thesis, São Paulo, FEAUSP, 1973.
Silva, Ana Rosa Cloclet da. “Tráfico interprovincial de escravos e seus impactos na concentração da população da província de São Paulo: século XIX,” VIII Encontro da ABEP, Associação Nacional de Estudos Populacionais, 1992.
Silva, André Luis Corrêa da. “‘João Ferrador na República de São Bernardo’: O impacto do ‘novo’ movimento sindical do ABC Paulista no processo de transição democrática (1977–1980).” MA thesis, Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2006.
Silva, Iliane Jesuina da. “Estado e agricultura no primeiro governo Vargas (1930–1945).” PhD thesis, Campinas, Universidade Estadual de Campinas, 2010.
Silva, José Graziano da. “Velhos e novos mitos do rural brasileiro,” Estudos Avançados USP 43 (Setembro–Dezembro 2001), 37–50.
Silva, José Graziano da. A nova dinâmica da agricultura brasileira (Campinas: Instituto de Economia da UNICAMP, 1996).
Silva, Sérgio. Expansão cafeeira e origens da indústria no Brasil (São Paulo: Alfa-Omega, 1995).
Simonsen, Mario Henrique. “Inflação brasileira: lições e perspectivas,” Revista Brasileira de Economia 5,4 (Outubro–Dezembro 1985), 15–31.
Simonsen, Mario Henrique. Inflação, gradualismo x tratamento de choque (Rio de Janeiro: Apec, 1970).
Simonsen, Mario Henrique, and Campos, Roberto. A nova economia brasileira (Rio de Janeiro: José Olympio, 1979).
Singer, Paul. A crise do “Milagre” (Rio de Janeiro:Paz e Terra, 1977).
Singh, Susheela, and Sedgh, Gilda. “The Relationship of Abortion to Trends in Contraception and Fertility in Brazil, Colombia and Mexico,” International Family Planning Perspectives 23,1 (March 1997), 4–14.
Siqueira, Arnaldo Augusto Franco de, d’Andretta Tanaka, Ana Cristina, Santana, Renato Martins, and de Almeida, Pedro Augusto Marcondes. “Mortalidade materna no Brasil, 1980,” Revista de Saúde Pública 18 (1984), 448–465.
Skidmore, Thomas E.The Politics of Military Rule in Brazil, 1964–85 (New York: Oxford University Press, 1988).
Skidmore, Thomas E.. “Politics and Economic Policy Making in Authoritarian Brazil, 1937–1971,” in Authoritarian Brazil, ed. Stepan, Alfred (New Haven, CT: Yale University Press, 1976), 3–46.
Skidmore, Thomas E.. Politics in Brazil, 1930–1964: An Experiment in Democracy (New York: Oxford University Press, 1967).
Soares, Sergei. “Análise de bem-estar e decomposição por fatores da queda na desigualdade entre 1995 e 2004,” Econômica 8,1 (2006), 83–115.
Soares, Sergei, and Sátyro, Natália. O programa bolsa família: desenho institucional, impactos e possibilidades futuras. Texto para Discussão No. 1424 (Brasília: IPEA, Outubro 2009).
Soares-Filho, Britaldo Silveira, et al. “Modelling Conservation in the Amazon Basin,” Nature 440,23 (March 2006), 520–523.
Sochaczewski, Antonio Claudio.O desenvolvimento econômico e financeiro do Brasil, 1952–1968 (São Paulo: Trajetória Cultural, 1993).
Sola, Lourdes, ed. O Estado e a transição: política e economia na Nova República (São Paulo: Vértice, 1988).
Sola, Lourdes,. “O Golpe de 37 e o Estado Novo,” in Brasil em Perspectiva, ed. Motta, Carlos Guilherme (São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1969), 257–284.
Sorj, Bila, and Fontes, Adriana. “Children in Female Household Headship in Brazil: Are They More Vulnerable?” Paper presented at the XXVI IUSSP International Population Conference 2009. Available at .
Sorj, Bila, Fontes, Adriana, and Machado, Danielle Carusi. “Políticas e práticas de conciliação entre família e trabalho no Brasil,” Cadernos de pesquisa 37,132 (2007), 573–594.
Souza, André Portela. “Politicas de distribuição de renda no Brasil e o Bolsa Família,” in Brasil: A nova agenda social, ed. Bacha, Edmar Lisboa and Schwartzman, Simon (Rio de Janeiro: LTC, 2011), 166–186.
Souza, Marcelo Medeiros Coelho de. O analfabetismo no Brasil sob o enfoque demográfico. Texto para Discussão No. 639 (Brasília: IPEA, April 1999).
Souza, Maria do Carmo Campello de. “A Nova República sob a espada de Dâmocles,” in Democratizando o Brasil, ed. Stepan, Alfred (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985), 568–591.
Souza, Pedro Herculano Guimarães Ferreira de, and Osorio, Rafael Guerreiro. A redução das disparidades regionais e a queda da desigualdade nacional de renda (1981–2009). Texto para Discussão No. 1648 (Brasília: IPEA, Agosto 2011).
Spalding, Rose J.Welfare Policymaking: Theoretical Implications of a Mexican Case Study,” Comparative Politics 12,4 (July 1980), 419–438.
Stefani, Célia Regina Baider. “O sistema ferroviário paulista: um estudo sobre a evolução do transporte de transporte de passageiros sobre trilhos.” MA thesis, FFLCH-USP, São Paulo, 2007.
Stein, Stanley J.The Brazilian Cotton Manufacture: Textile Enterprise in an Underdeveloped Area, 1850–1950 (Cambridge, MA: Harvard University Press, 1957a).
Stein, Stanley J.. Vassouras, a Brazilian Coffee County, 1850–1900 (Cambridge, MA: Harvard University Press, 1957b).
Stepan, Alfred. “As prerrogativas militares nos regimes pós-autoritários: Brasil, Argentina, Uruguai e Espanha,” in Democratizando o Brasil, ed. Stepan, Alfred (Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985), 521–572.
Stepan, Alfred, ed. Authoritarian Brazil: Origins, Policies and Future (New Haven, CT: Yale University Press, 1973).
Summerhill, William R.Order against Progress: Government, Foreign Investment, and Railroads in Brazil, 1854–1913 (Stanford, CA: Stanford University Press, 2003).
Suzigan, Wilson. Indústria Brasileira. Origens e Desenvolvimento (São Paulo: Brasiliense, 1986).
Sweigart, Joseph Earl. “Financing and Marketing Brazilian Export Agriculture: The Coffee Factors of Rio De Janeiro, 1850–1888.” PhD thesis, University of Texas at Austin, 1980.
Szmrecsányi, Tamáz. “O Desenvolvimento da Produção Agropecuária (1930–1970),” in História da civilização brasileira III. O Brasil Repúblicano, 4. Economia e cultura (1930–1964), ed. Fausto, Boris (Rio de Janeiro:Beltrand Brasil, 1995), 107–207.
Tavares, Maria da Conceição. Destruição não-criadora (Rio de Janeiro: Record, 1990).
Tavares, Maria da Conceição. “Sistema financeiro e o ciclo de expansão recente,” in Desenvolvimento capitalista no Brasil: ensaios sobre a crise, Vol. 2, ed. Belluzzo, Luís and Coutinho, Renata (São Paulo: Brasiliense, 1982), 107–138.
Tavares, Maria da Conceição. “Auge e Declínio do processo de substituição de importações no Brasil,” in Da substituição de importações ao capitalismo financeiro, ed. da Conceição Tavares, Maria (Rio de Janeiro: Zahar, 1973), 27–115.
Tavares, Maria da Conceição, and Serra, José. “Mais além da estagnação,” in Da substituição de importações ao capitalismo financeiro, ed. da Conceição Tavares, Maria (Rio de Janeiro:Zahar, 1972), 155–207.
Távora, Fernando Lagares. “História e economia dos biocombustíveis no Brasil,” Textos para Discussão No. 89 (Brasília: Centro de Estudos da Consultoria do Senado, Abril 2011).
Teodoro, Rodrigo da Silva. “O crédito no mundo dos senhores do café. Franca 1885–1914.” MA thesis, Campinas, Instituto de Economia, UNICAMP, 2006.
Tomasini, Roque Silvestre Annes, and Ambrosi, Ivo. “Aspectos econômicos da cultura do trigo,” Cadernos de Ciência e Tecnologia (Brasilia) 15,2 (Maio–Agosto 1998), 59–84.
Topik, Steven. The Political Economy of the Brazilian State, 1889–1930 (Austin: University of Texas Press, 1987).
Topik, Steven. “State Enterprise in a Liberal Regime: The Banco do Brasil, 1905–1930,” Journal of Interamerican Studies and World Affairs (Special Issue) 22,4 (November 1980), 401–422.
Topik, Steven. “The Evolution of the Economy Role of the Brazilian State, 1889–1930,” Latin American Studies 11,2 (November 1979), 325–342.
Triner, Gail D.Mining and the State in Brazilian Development (London: Pickering & Chatto, 2011).
Triner, Gail D.. Banking and Economic Development: Brazil, 1889–1930 (New York: Palgrave, 2000).
Triner, Gail D., and Wandschneider, K.. “The Baring Crisis and the Brazilian Encilhamento, 1889–1891: An Early Example of Contagion among Emerging Capital Markets,” Financial History Review 12,2 (2005), 199–225.
Vargas, Getúlio. A Nova política do Brasil: O Estado Novo (10 de novembro de 1937 a 15 de julho de 1938) (Rio de Janeiro: José Olympio, 1944).
Veiga, José Eli da. “O Brasil rural ainda não encontrou seu eixo de desenvolvimento,” Estudos Avançados USP 43 (Setembro–Dezembro 2001), 101–119.
VelascoJr., Licínio. Privatização: mitos e falsas percepções (Rio de Janeiro: BNDES).
Velloso, João P. dos Reis. “A fantasia política: a nova alternativa de interpretação do II PND,” Revista de Economia Política 18,2 (70) (1998), 133–144.
Versiani, Flávio Rabelo, and Versiani, Maria Tereza R. O.. “A industrialização brasileira antes de 1930: uma contribuição,” in Formação Econômica do Brasil. A experiência da industrialização, ed. Versiani, Flavio Rabelo and Mendonça de Barros, José Roberto (São Paulo: Saraiva, 1977), 121–142.
Vianna, Sérgio Besserman. “Duas Tentativas de Estabilização: 1951–1954,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992a), 123–150.
Vianna, Sérgio Besserman. “Política econômica externa e industrialização: 1946–1951,” in A ordem do Progresso, ed. de Paiva Abreu, Marcelo (Rio de Janeiro: Editora Campus, 1992b), 105–122.
Vianna, Sérgio Besserman. “A Política Econômica no Segundo Governo Vargas (1951–1954).” MA thesis, Rio de Janeiro, PUC/RJ, 1987.
Vieira, Dorival Teixeira. Evolução do Sistema Monetário Brasileira (São Paulo:IPE-USP, 1981).
Vilardo, Franceschina. “A burguesia cafeeira paulista e a política econômica na Primeira República.” MA thesis, Campinas, Departamento de Ciências Sociais, UNICAMP, 1986.
Villa, Marco Antonio. A História das Constituições Brasileiras (São Paulo: Editora Leya, 2011).
Villela, Annibal Villanova, and Suzigan, Wilson. Política do governo e crescimento da econômica brasileira – 1889–1945 (Brasília: IPEA, 2001).
Viola, Eduardo J.The Ecologist Movement in Brazil (1974–1986): From Environmentalism to Ecopolitics,” International Journal of Urban and Regional Research 12,2 (June 1988), 211–228.
Wahrlich, Beatriz M. de Souza. Reforma administrativa da era de Vargas (Rio de Janeiro:Fundação Getúlio Vargas, 1983).
Weffort, Francisco. O populismo na política brasileira (Rio de Janeiro: Paz e terra S/A, 1980).
Weidnmier, Marc D. “The Baring Crises and the Great Latin American Meltdowns of the 1890s.” Available at .
Weinstein, Barbara. For Social Peace in Brazil: Industrialists and the Remaking of the Working Class in São Paulo, 1920–1964 (Chapel Hill: University of North Carolina Press, 1996).
Weinstein, Barbara. “The Industrialists, the State, and the Issues of Worker Training and Social Services in Brazil, 1930–50,” Hispanic American Historical Review 70,3 (August 1990), 379–404.
Weinstein, Barbara. The Amazon Rubber Boom, 1850–1920 (Stanford, CA: Stanford University Press, 1983).
Werneck, Rogério. Empresas estatais e política macroeconômica (Rio de Janeiro: Campus, 1987).
Werneck, Rogério. “Poupança estatal, dívida externa e crise financeira do setor público,” Pesquisa e Planejamento Econômico 16,3 (December 1986), 551–574.
Wirth, John D.The Politics of Brazilian Development 1930–1954 (Stanford, CA: Stanford University Press, 1970).
Wood, Charles H. and Magno de Carvalho, José Alberto. The Demography of Inequality in Brazil (Cambridge: Cambridge University Press, 1988).
Xavier, Marcus Renato S. “The Brazilian Sugarcane Ethanol Experience” (Washington, DC: Competitive Enterprise Institute, February 17, 2007).